Icatu lança desafio para startups no Rio2C

As inscrições já estão abertas e as candidatas deverão apresentar soluções para o aprimoramento de experiências da seguradora no Open Insurance


Rio de Janeiro, 30 de março de 2022 - Um desafio para startups sobre Open Insurance, sistema de seguros abertos, está sendo lançado pela Icatu no Rio2C, maior encontro de criatividade da América Latina que acontece de 26 de abril a 01 de maio. As interessadas em participar do Desafio Corporativo Rio2C, pelo track de Inovação do evento, terão de responder à pergunta: "Como podemos aprimorar a experiência dos nossos Stakeholders e gerar novos negócios com Open Insurance?" As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 4 de abril. Cada startup só poderá participar com um projeto, que será submetido a uma banca examinadora.

“Esperamos com essa ação conhecer potenciais parceiros com os quais possamos desenvolver projetos inovadores tanto para criação de modelos de negócio novos, quanto para aumentar a nossa inteligência de dados e otimizar processos", explica Rachel Bonel, superintendente executiva de Dados, Privacidade e Planejamento Comercial da seguradora.


Com as oportunidades trazidas pelo Open Insurance, a segurança da informação é um desafio dado ao mercado segurador, bem como a adoção de tecnologias ágeis que facilitem a conexão com outros sistemas para otimizar ou criar novos modelos de negócio a partir da conectividade com outras empresas. Além disso, a transformação digital do setor exige, cada vez mais, que as companhias criem soluções e produtos ainda mais personalizados. Com o Desafio Corporativo Rio2C, a Icatu quer se conectar com startups que apresentem soluções que possam acelerar sua jornada de aprendizado e conhecimento.

Ao total, serão selecionados três projetos para concorrer ao desafio da Icatu. Cada startup terá cinco minutos na fase do pitching, antes de passar por uma banca examinadora que terá sete minutos para perguntas - composta por investidores anjo e aceleradoras. Os selecionados serão informados oficialmente do resultado no dia 11 de abril. Para ter acesso a mais informações e realizar as inscrições, basta acessar o site do Rio2C.

Sobre a Icatu

A Icatu é uma das maiores seguradoras do Brasil, uma empresa de 30 anos com capital 100% nacional. Líder no segmento, é a maior entre as seguradoras independentes, considerando o consolidado das suas linhas de negócio em Seguros de Vida, Previdência e Capitalização. Está presente em todo o território nacional por meio de 38 filiais e possui mais de 8 milhões de negócios ativos. A Icatu se posiciona como uma empresa de pessoas para pessoas, cujo propósito é atuar para que cada brasileiro tenha mais tranquilidade financeira, e, assim, uma melhor qualidade de vida, a vida toda. Seu portfólio traz uma arquitetura de soluções completas para Vida com APIs para conexão com diferentes plataformas digitais e insurtechs. Possui o mais diversificado marketplace de Previdência do país: são mais de 390 fundos de 130 dos melhores gestores. Em Capitalização, registrou crescimento de 13% no faturamento no ano passado. Também atua com Gestão de Recursos e Fundos de Pensão, administrando ativos e recursos de terceiros que ultrapassam R$ 70 bilhões. Em 2021, foi eleita, pela terceira vez consecutiva, a melhor seguradora em atendimento ao cliente pelo instituto Mesc, e, pela sétima vez, uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil pelo Ranking do GPTW. Somos a Icatu. Vida. Pra toda vida.


SOBRE O RIO2C

Em sua última edição, em maio de 2019, o Rio2C obteve números expressivos. Mais de 25 mil pessoas passaram pela Cidade das Artes durante os seis dias de evento, nos quais foram realizados 415 painéis – com a participação de 1.060 palestrantes –, gerando um total de 780 horas de conteúdo. Na parte de mercado, foram realizadas 1.537 reuniões nas rodadas de negócios e 1.811 inscrições de projetos para pitchings – nas áreas de música, inovação e audiovisual. Em 2018, os números totais giraram em torno de R$ 200 milhões, enquanto que em 2019 ultrapassaram a marca de R$ 250 milhões. Outro resultado que chamou a atenção foi o volume de dados trafegado no evento, ultrapassando a marca de nove terabytes nos 150 mil acessos diários, número equivalente a 2,5 milhões de fotos em alta resolução ou mais de 3 mil horas de streaming.

0 comentário