Willy Jordan é eleito novo CFO do IRB Brasil RE



Rio de Janeiro, 19 de outubro de 2021 – Em reunião extraordinária realizada na tarde desta segunda (18), o Conselho de Administração do IRB Brasil RE elegeu Willy Otto Jordan Neto como novo o diretor vice-presidente financeiro e de Relações com Investidores (CFO) da companhia. Em Fato Relevante, o IRB informa que Jordan assume tão logo esteja concluído o processo de autorização prévia perante a Susep. Ele substitui a Werner Süffert, que permanece no cargo até sua posse no novo posto.

Com mais de 20 anos de experiência na gestão de empresas financeiras e não financeiras, Willy Jordan é graduado em Economia pela PUC-Rio e possui mestrado em Economia pela EPGE/FGV. Antes de chegar ao IRB, em eleição precedida de um processo de seleção, realizado com o auxílio de empresa de consultoria especializada, Jordan foi vice-presidente Financeiro do Banco Luso Brasileiro, diretor executivo financeiro, corporativo e de Relações com Investidores da Cetip e diretor de Planejamento, Estratégia e Relações com Investidores do Banco Pan. Teve passagens ainda por Suzano, SAB Trading e Banco Itaú.

O novo CEO do IRB Brasil RE, Raphael de Carvalho, disse que a chegada de Jordan marca um novo momento da trajetória recente do ressegurador, dentro do processo de reestruturação e transformação em curso na companhia: “Tenho convicção de que Willy Jordan se junta ao time para dar continuidade, com ainda mais dinamismo, ao trabalho de recuperação do IRB, na direção de resultados que garantam ainda mais sustentabilidade à companhia”, afirma.

Willy Jordan diz que recebe “com entusiasmo o desafio de ajudar o IRB neste momento”: “Tenho claro que o time do IRB e eu teremos oportunidade de contribuir de forma ainda mais efetiva na consolidação de resultados consistentes para a companhia”, comentou. Ainda no Fato Relevante, o IRB reitera o agradecimento a Werner Süffert por sua ampla colaboração para a sustentabilidade e melhoria da credibilidade e transparência em um período intenso e complexo da companhia.

0 comentário