Zurich inicia reabertura de filiais e retoma as visitas presenciais aos corretores parceiros

Com o avanço da vacinação no país e após observar todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, por meio de assessoria prestada pelo Hospital Israelita Albert Einstein, seguradora inicia reabertura de suas filiais para que os colaboradores possam, de forma voluntária, retomar atividades com atendimento presencial e visitas a corretores



O Brasil tem progredido no combate à Covid-19. Com mais de 57% da população completamente imunizada, diversas atividades estão sendo retomadas após autorização das autoridades competentes. Embora a pandemia não tenha prejudicado o relacionamento da Zurich com os corretores, depois de criteriosa avaliação, a empresa decidiu pela reabertura gradual das suas filiais comerciais, a fim de retomar as visitas presenciais e restabelecer o olho no olho com seus parceiros estratégicos.


O processo começou no dia 04 de outubro e, até o momento, foram reabertas 12 filiais da companhia. São elas, em São Paulo: Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Piracicaba, Campinas e Bauru; em Santa Catarina: Florianópolis e Chapecó; na Bahia: Salvador; em Minas Gerais: Uberlândia; em Goiás: Goiânia; e no Paraná: Curitiba.


Até 29 de novembro, deverão ser reabertos mais 13 filiais em outros estados brasileiros: Rio de Janeiro, na capital fluminense; em Minas Gerais: Belo Horizonte, Ipatinga, Divinópolis, Juiz de Fora e Poços de Caldas; em Pernambuco: Recife; em Santa Catarina: Blumenau e Joinville; no Paraná: Maringá e Cascavel; e no Rio Grande do Sul: Porto Alegre e Caxias do Sul. A reabertura total das filiais se dará até o final de 2021 – porém, se o quadro da pandemia mantiver os índices de visível melhora e controle.


Essa reabertura vem sendo planejada há algum tempo pela Zurich, e o processo foi feito a partir do serviço de consultoria de uma das mais referenciadas instituições de saúde do país – o Hospital Israelita Albert Einstein –, que após criteriosa avaliação do cenário atual da pandemia, validou a reabertura dos escritórios e a retomada das atividades presenciais. A entidade manterá o monitoramento e o serviço consultivo para orientar a seguradora até 2022.


Conta o Diretor Executivo de Distribuição da Zurich no Brasil, Marcio Benevides: “Começamos a avaliar essa possibilidade no final de 2020, ao observarmos queda nos números de casos e vítimas fatais. Mas quando a segunda onda começou, no início de 2021, decidimos por manter o atendimento aos corretores parceiros apenas de forma remota. Com a consultoria do Hospital Israelita Albert Einstein, foram avaliados diversos indicadores, como a ocupação de UTIs, o acesso aos nossos funcionários aos hospitais, se estavam imunizados, entre outros. A decisão de reabertura só foi tomada depois que a iniciativa foi considerada segura por parte do hospital”.


Marcio ressalta, porém, que o retorno presencial às filiais da Zurich está sendo feito de forma voluntária: “Só o fará quem desejar e se sentir seguro para tal”, pontua. Mesmo assim, é preciso que os profissionais estejam com o ciclo da vacina completo: os que tomaram a dose única só voltam ao escritório após 21 dias vacinados, e aqueles que se imunizaram com as variedades que requerem duas doses, somente retornam após 14 dias da segunda aplicação. Embora representem menos de 3% da população, a empresa também está atenta à saúde dos que fazem parte do grupo de risco, que também podem se voluntariar. Porém, ao fazê-lo, é preciso que passem por uma avaliação de um médico do trabalho (prestador).


Observância às normas sanitárias e orientação


A Zurich está sendo rigorosa com os protocolos e cuidadosa com o bem-estar dos funcionários de suas filiais, assim como com o dos corretores parceiros. A empresa desenvolveu e distribuiu aos primeiros uma cartilha orientativa com todas as medidas que precisam ser observadas, reforçada por outras medidas de comunicação.

“Com a decretação da pandemia, estivemos distantes fisicamente, mas sempre nos mantivemos próximos dos corretores parceiros. Estamos muito felizes com a retomada das visitas presenciais. E acreditamos que a melhor forma de evitar casos dentro da Zurich é informando sobre os cuidados que nossos colaboradores precisam tomar”, observa o Diretor Executivo de Distribuição da Zurich no Brasil, Marcio Benevides.


A cartilha discorre sobre cuidados que precisam ser seguidos, como: distanciamento social, higiene pessoal, uso de máscaras, limpeza e higienização do ambiente, monitoramento das condições de saúde e reforço constante da comunicação para a importância do cumprimento das recomendações estabelecidas.

Sobre a Zurich no Brasil


A seguradora Zurich soma o conhecimento do mercado brasileiro, no qual tem mais de 80 anos de experiência, à expertise internacional em soluções de seguros multicanal. A Zurich atesta solidez financeira e segue rígido padrão global de conduta, praticado em todas as suas operações. Dedica-se a compreender as necessidades dos clientes e oferece soluções para pessoas físicas e jurídicas, de pequenas empresas a multinacionais. Tendo o Brasil na sua estratégia de crescimento, e decidida a contribuir com o desenvolvimento social e econômico do país, visando o médio e longo prazo, a companhia dispõe de produtos e serviços sob medida para este mercado. Saiba mais em www.zurich.com.br.

Zurich Insurance Group (Zurich) é uma seguradora líder multicanal que apresenta soluções para seus clientes e parceiros na esfera local e global. Com cerca de 55 mil colaboradores, fornece uma ampla gama de serviços e produtos em Seguros de Vida e de Ramos Elementares em mais de 215 países e territórios. Entre os clientes da Zurich encontram-se indivíduos, pequenas e médias empresas, assim como grandes empresas e multinacionais.  O Grupo está sediado em Zurich, Suíça, onde foi fundado em 1872. O Zurich Insurance Group Ltd (ZURN) está listado no Six Swiss Exchange e tem o Nível I no programa American Depositary Receipt (ZURVY), que é transacionado fora da bolsa no OTCQX. Saiba mais em www.zurich.com.

0 comentário